Informações Gerais – Técnico em Radiologia

Área do Plano: Ambiente – Saúde

Resoluções de Autorização do CEE/GO:

a) Curso Presencial Goiânia – Autorização CEE-CEP/GO: Nº 60 de 08 de março de 2019. (validade: até 31 de dezembro de 2022)

b) Curso a Distância (EAD) – Autorização CEE-CEP/GO: Nº 50 de 15 de fevereiro de 2019. (validade: até 31 de dezembro de 2021)

c) Curso Presencial Valparaíso – Autorização CEE-CEP/GO: Nº 58 de 08 de março de 2019. (validade: até 31 de dezembro de 2023)

Duração: 18 MESES – Carga Horária Total: 1.600 horas (1.200 horas de Atividades Teóricas e 400 horas de Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório).

Escolaridade: Ensino Médio completo [2º Grau] – 18 Anos completos.

Turnos oferecidos em Valparaíso de Goiás: Matutino – Noturno e aos Finais de Semana (SÁBADOS E DOMINGOS). Consulte Turmas Ativas em nosso Setor de atendimento ao Público (SAP).

Turnos oferecidos em Goiânia: Noturno e aos Finais de Semana (SÁBADOS E DOMINGOS) – Consulte Turmas Ativas em nosso Setor de Atendimento ao Público.

Área de Atuação: Hospitais da rede pública e privada. Clinicas, apoio ao diagnostico, dentre outras dezenas.

Salário Médio: Varia de R$1.000,00/mês a R$ 3.600,00 (Secretaria Saúde DF).

Sobre a Profissão

A saúde constitui um importante setor no mercado de trabalho do país. Como os demais serviços de consumo coletivo, a saúde está vinculada a um conjunto de determinantes políticos e econômicos que permeiam o mercado de trabalho em geral. O dinamismo e as características de seus empregos foram influenciados pelo crescimento do sistema produtor de serviços e pela reforma do setor, os quais provocaram mudanças significativas na estrutura ocupacional, no perfil quantitativo e qualitativo da força de trabalho em saúde.

A lei no 7.394/1985 que regulamenta o curso técnico em radiologia tem características diferenciadas, a começar pela demanda legal de escolaridade e idade mínima comprovada. Estas condições se justificam devido a imensa gama de conteúdos específicos relacionados às disciplinas de anatomia, química, física, biologia e tantas outras matérias relacionadas às atividades radiológicas, isso sem levar em conta a exposição a agentes químicos usados nas revelações e radiação ionizante.

Portanto, o Técnico em Radiologia é um especialista das técnicas radiológicas, pois abraça um conjunto de conhecimentos científicos específicos que compõem a base cognitiva, epistemológica e tecnológica da formação desse profissional que, para atuar no mercado de trabalho, tem, obrigatoriamente, que ser egresso do curso técnico em radiologia além de ter seu registro efetivado junto ao Conselho Regional de Técnicos em Radiologia. (CONDE, 2011).

O mercado desta subárea necessita conciliar a capacitação profissional com novos projetos e métodos de educação, pois o atual processo educacional está centrado apenas na questão dos raios-X convencionais, formando, assim, profissionais de nível técnico destoantes com a realidade atual, gerando distorções significativas neste rentável mercado de tecnologia. A primeira delas é que na ausência de profissionais capacitados, as Clínicas Radiológicas contratam outros profissionais para essas funções. Outro aspecto é o deslocamento do médico radiologista para funções de aquisição de imagens, ao invés de estar, exclusivamente, voltado à interpretação e emissão de laudos dos diagnósticos radiológicos.

Objetivos

  • Atender aos princípios norteadores da Educação Profissional enunciados pela lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.
  • Desenvolver as competências profissionais gerais requeridas pela área de saúde, possibilitando trabalhador a ampliação de sua esfera de atuação e a interação com outros profissionais.
  • Desenvolver a habilitação profissional de Técnico em Radiologia capacitando recursos humanos em atendimento da demanda do mercado de trabalho local e regional e do sistema, de acordo com o perfil profissional proposto, para o desenvolvimento de atividades de apoio ao diagnóstico, educação para a saúde, proteção e prevenção e gestão em saúde, utilizando métodos, técnicas e habilidades específicas, visando a empregabilidade e a trabalhabilidade.

Organização Curricular

O Curso é estruturado por Módulos Curriculares com caráter de prosseguimento de estudos e terminalidade, articulados entre si e com a educação básica, independência e coerência com o perfil profissional de conclusão, com flexibilidade, interdisciplinaridade, e contextualização, com certificação por competência profissional, desenvolvido em hora aula de 60’, em semanas e meses letivos, durante e aos finais de semana, visando preparar para o mercado produtivo, para a laborabilidade e trabalhabilidade.

Os Módulos I, II e III dão a terminalidade para a Habilitação Profissional de Técnico em Radiologia, para o exercício das atribuições dispostas na Lei nº 7.394/1985, alterada pela de nº 10.508/2002, Código de Ética da Categoria e demais normas específicas, estando apto a exercer as atividades em nível nacional.

O estágio supervisionado será desenvolvido ao longo do curso em empresas conveniadas que atuam no campo da radiologia e radiodiagnóstico por imagem, em horário distinto e de acordo com a norma que ampara o assunto. O Estágio está estruturado de acordo com a Lei 11788/2008 que regulamenta no território nacional o estágio curricular obrigatório.